Bolsonaro diz que pessoas não passam fome no Brasil: ‘grande mentira’ e ‘discurso populista’

  • Por Jovem Pan
  • 19/07/2019 12h07
Marcos Corrêa/PRPresidente afirmou que solo do país é muito rico para o plantio

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) disse, nesta sexta-feira (19), que é uma uma “grande mentira” e uma forma de “discurso populista” dizer que existem pessoas que passam fome no Brasil. Durante um café da manhã com jornalistas estrangeiros, ele comparou o Brasil com outros países pelo mundo e afirmou que, aqui, não se encontram pessoas “com físico esquelético” como em outras nações.

“Falar que se passa fome no Brasil é uma grande mentira. Passa-se mal, não come bem. Aí eu concordo, agora passar fome não. Você não vê gente pobre pelas ruas com físico esquelético como a gente vê em alguns outros países por aí pelo mundo”, declarou. A fala foi uma resposta a um questionamento ao aumento da pobreza e da fome no país.

Para o presidente, falar sobre o assunto é uma maneira de ganhar “simpatia popular”. “É um discurso populista [falar de fome no Brasil], tentando ganhar simpatia popular, nada mais além disso. O que nós temos que fazer, nós, poder Executivo e Legislativo, em grande parte um depende do outro, é facilitar a vida do empreendedor, de quem quer produzir”, continuou.

Bolsonaro ressaltou, ainda, a fertilidade do solo brasileiro. De acordo com ele, ao permitir  que as pessoas plantem, a miséria vai terminar. “É só as autoridades políticas, nós do Legislativo e do Executivo, não atrapalharem o nosso povo e essas franjas de miséria por si só acabam no Brasil, porque nosso solo é muito rico para tudo o que você possa imaginar”, concluiu.