Polícia apreende cinco toneladas de explosivos que seriam usados em ataques no Ceará

  • Por Jovem Pan
  • 12/01/2019 20h15
Divulgação Polícia CivilPolícia apreende toneladas de material explosivo que seria usado em ataques no Ceará

Cerca de cinco toneladas de explosivos, munições calibre 12 e drogas foram apreendidos pela polícia em um depósito clandestino no bairro Jangurussu, em Fortaleza, neste sábado (12). Cinco pessoas ainda foram presas na operação. O grupo é suspeito de envolvimento com os ataques que vem sendo realizados na capital do Ceará.

No local, o secretário da Segurança Pública do Ceará, André Costa, disse que o material será submetido a um cromatógrafo para confirmar a natureza da carga e identificar a relação com os artefatos utilizados nos ataques.

“Não podemos afirmar categoricamente, mas a linha de investigação toda leva a crer que seriam explosivos que poderiam ser utilizados em ações criminosas. Não podemos bater o martelo porque depende do trabalho pericial”, afirmou.

Equipes da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa realizaram a apreensão dos explosivos, que é uma parte de uma carga roubada no dia 21 de dezembro. O material já vinha sendo procurado pela Polícia Civil desde o roubo.

Além do depósito clandestino, a polícia tinha mandado de apreensão em outros seis endereços suspeitos também no Jangurussu, inclusive em casas do bairro.

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), elogiou o trabalho das forças de segurança. “Foi mais um duro golpe contra o crime”, afirmou. Segundo ele, até a tarde deste sábado (12), 335 pessoas haviam sido capturadas por envolvimento nas ações que tiveram início em 2 de janeiro no Ceará.

Com informações de Agência Estado