Polícia usa bombas para dispersar manifestantes em universidade de Porto Alegre; assista

  • Por Jovem Pan
  • 15/05/2019 17h21
EFE/Joédson AlvesManifestações contra medidas do MEC aconteceram em todo o país nesta quarta

A manifestação de estudantes de Porto Alegre contra o contingenciamento de verbas nas faculdades federais e institutos anunciados pelo Ministério da Educação (MEC) foi interrompida na tarde desta quarta-feira (15) com uma confusão. Durante a passeata, a Brigada Militar utilizou bombas de gás lacrimogênio para dispersar manifestantes no campus central da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

O momento foi gravado e compartilhado nas redes sociais por participantes dos atos. Assista: 

Não há relatos de pessoas feridas. Além de Porto Alegre, são realizados protestos em outros 25 estados, mais o Distrito Federal. Instituições de ensino também convocaram paralisações contra o bloqueio de 3,5% do orçamento da pasta. As manifestações também foram aderidas por sindicatos e movimentos estudantis.

Enquanto isso, o ministro Abraham Weintraub participa de uma sabatina na Câmara dos Deputados. Entre discussões e bate-bocas, ele explicou que o governo propôs, na realidade, um “contingenciamento” de verbas e não um “corte”, como dizem os estudantes.