Rodrigo Maia pretende concentrar discussão da Previdência em idade mínima e tempo de transição

  • Por Jovem Pan
  • 25/02/2019 12h31
João Allbert/Estadão ConteúdoPresidente da Câmara participou de evento de jornal nesta segunda

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta segunda-feira (25) que pretende concentrar a discussão da reforma da Previdência nos tópicos referentes à idade mínima e ao tempo de transição.

Para o parlamentar, contudo, chegar à votação mínima para aprovação – 308 votos – não deve ser algo simples. “Nós votamos o cadastro positivo com uma possível base do governo Bolsonaro e ficamos com 310 votos ou um pouco mais que isso.”

Na avaliação de Maia, a maior resistência à proposta está no Nordeste, onde há concentração maior de parlamentares de esquerda e governos estaduais mais sensíveis a mudanças no Benefício de Prestação Continuada (BPC) e na aposentadoria rural.

“Se conseguirmos 20 votos na oposição, nossa chance de aprovação aumenta muito”, disse.  Para ele, é possível que o presidente Jair Bolsonaro consiga governar sem “toma lá, dá cá”. Para isso, ele disse, será preciso convencer deputados de que, sem a reforma, não haverá dinheiro para as emendas.

Maia fez as declarações durante evento do jornal Folha de S.Paulo.

*Com informações do Estadão Conteúdo