Saiba como será a posse de Jair Bolsonaro

  • Por Jovem Pan
  • 06/12/2018 11h48
Wilton Júnior/Estadão ConteúdoJair Bolsonaro em evento de formatura de oficiais na Academia Militar das Agulhas Negras, em Resende, Rio de Janeiro

Eleito o 38º presidente do Brasil, Jair Messias Bolsonaro tomará posse no 1º de janeiro de 2019 em Brasília.

Tradicionalmente, o dia começa com uma missa na Catedral de Brasília. A pedido do presidente eleito, desta vez, será celebrado um ato ecumênico — Bolsonaro é católico e sua mulher, Michelle, evangélica. Em seguida, ele será recebido em um almoço no Itamaraty preparado para as delegações estrangeiras.

Por questões de segurança — a cargo da Polícia Federal em solo, e do Exército no espaço aéreo –, sua equipe ainda avalia se ele desfilará no Rolls-Royce, escoltado escoltados por batedores e Dragões da Independência, pela Esplanada dos Ministérios até o Congresso Nacional. Pelos céus, haverá uma exibição da Esquadrilha da Fumaça.

Às 15h, Bolsonaro será recebido na rampa do Congresso pelo presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), e da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). São esperados 2.000 convidados. No Parlamento, ele fará o juramento constitucional após o Hino Nacional. A partir daí, já será considerado oficialmente presidente da República.

O rito prosseguirá no Palácio do Planalto, onde receberá a faixa presidencial das mãos do presidente Michel Temer e fará um discurso à Nação no parlatório.