Secretário da Previdência diz que PEC passará por mudanças antes de votação na CCJ

  • Por Jovem Pan
  • 22/04/2019 15h54
Marcelo Camargo/Agência BrasilSecretário também rebateu críticas de que dados para justificar a necessidade da reforma foram mantidos sob sigilo

O texto da reforma da Previdência deverá passar por “modificações pequenas” na votação que deve acontecer nesta terça (23) na Comissão e Constituição e Justiça (CCJ). A afirmação é do secretário especial Rogério Marinho, responsável pelo tema no Planalto.

As mudanças, no entanto, não causarão impacto fiscal nem alterarão a “espinha dorsal” da Proposta de Emenda à Constituição (PEC). “Faremos algumas modificações pequenas e anunciaremos nesta segunda à noite ou terça-feira de manhã”, afirmou Marinho, ao chegar à sede do Ministério da Economia nesta manhã.

O secretário rebateu críticas de que dados para justificar a necessidade da reforma foram mantidos sob sigilo. “A base da reforma é pública, está à disposição desde o ano retrasado. Na comissão especial, quando iremos discutir mérito, iremos decodificar e refinar dados”, completou.

Marinho também afirmou que tem recebido sinais positivos de que a reforma será votada na próxima sessão da comissão. A última reunião, realizada na quarta (17), terminou sem que houvesse consenso entre os parlamentares.

Com Estadão Conteúdo