Sérgio Moro decide reforçar tropa da Força Nacional no Ceará

  • Por Jovem Pan
  • 07/01/2019 21h38
José Cruz/Agência BrasilNúmero de agentes da Força Nacional deve chegar a 406 ainda nesta semana

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, decidiu reforçar a tropa da Força Nacional que foi enviada ao Ceará, para auxiliar o governo estadual no combate à onda de ataques criminosos que têm sido registrados desde semana passada. O número de agentes atuando no local desde sábado (5) vai subir de 330 para 406.

A medida foi tomada nesta segunda-feira (7), mesmo dia em que a pasta destacou uma queda no total de ataques após o início do trabalho da Força Nacional. Foram registradas 45 ações criminosas na quinta (3), 37 no sábado (5) e 23 no domingo (6). O total já chega a 144 e o estado já teve fuga de criminosos que pularam muro de cadeia.

Em Limoeiro do Norte, houve um registro grave. A base de uma operadora de telefonia móvel foi destruída e esse serviço foi interrompido em pelo menos 11 cidades ceares. Segundo o secretário estadual de Segurança Pública, André Costa, 150 pessoas já foram detidas até agora e 250 presos foram autuados por novas infrações.

Transferências

Já houve a autorização de transferência de um preso integrante de facção criminosa para uma penitenciária federal de segurança máxima. Outras devem ser autorizadas nos próximos dias. Inicialmente, foram disponibilizadas 20 vagas pelo Departamento Penitenciário Nacional (Depen), mas, se necessário, o número pode ser ampliado.

Policiamento

A Força Nacional está realizando ações de patrulhamento ostensivo, preventivo e repressivo em pontos como terminais rodoviários e vias de grande circulação. A previsão é que de permaneça no Estado por até 30 dias, prazo que poderá ser prorrogado. O planejamento das operações está sendo feito pela Polícia Militar do estado do Ceará.

*Com informações do Estadão Conteúdo