Sobe para 228 o número de mortos em Brumadinho

  • Por Jovem Pan
  • 14/04/2019 14h36
Cadu Rolim/Estadão ConteúdoNo dia 25 de janeiro, a barragem da Mina Córrego do Feijão se rompeu, matando dezenas de pessoas

A Defesa Civil de Minas Gerais informou neste domingo (14), que subiu para 228 o número de mortos devido ao rompimento da barragem de rejeitos da mineradora Vale em Brumadinho. Permanecem desaparecidas 49 pessoas.

Na quinta-feira (11) o número de pessoas não localizadas voltou a ser reduzido em razão de possíveis irregularidades e fraudes na lista de desaparecidos. A última atualização sobre a quantidade de vítimas havia sido feita na quarta-feira (10).

No dia 25 de janeiro, a barragem da Mina Córrego do Feijão se rompeu, matando centenas de pessoas. Os rejeitos atingiram a área administrativa da mineradora e a comunidade de Brumadinho, destruindo casas, uma pousada e propriedades rurais.