Atividade industrial ganhou fôlego e empresas apontam maior intenção de contratar, diz CNI

  • Por Jovem Pan
  • 26/11/2018 16h31
Foto: Tony Winston/Agência Brasília - Flickra intenção de contratar nos próximos seis meses cresceu entre os empresários, passando de 49,1 para 50,9

A Sondagem Industrial de outubro, realizada pela CNI, Confederação Nacional da Industria, foi divulgada nesta segunda-feira (26) e traz notícias positivas. Segundo o levantamento, o índice que mede a produção industrial passou da linha dos 50 pontos, saindo de 47,2 para 54,7. Os índices da sondagem são classificados de 0 a 100, de forma que cenários acima de 50 pontos representam otimismo.

A UCI, Utilização da Capacidade Instalada também subiu, passando de 68% para 69%. Embora o índice de evolução de número de empregados tenha se mantido na margem de erro, atingindo os 50 pontos, a intenção de contratar nos próximos seis meses cresceu entre os empresários, passando de 49,1 para 50,9.

O empresariado também está disposto a voltar a investir. “Após dois meses de relativa estabilidade, o índice aumentou 4,1 pontos e foi a 55 pontos, valor 4,4 pontos maior que o registrado em novembro de 2017. O índice supera sua média histórica em 6,6 pontos”, aponta a sondagem.

E não para por aí. As expectativas para o cenário a curto prazo são bons. Outros tópicos importantes também apresentaram perspectivas otimistas, ficando acima dos 50 pontos. O índice para demanda chegou a 56,6 pontos, as compras de matérias-primas foram a 54,4 e a exportação atingiu 52,8 pontos.

O economista da CNI, Marcelo Azevedo, explica que esses índices são importantes porque mostram uma reação do mercado após um “setembro fraco”. Para ele, os resultados dessa sondagem, que foi feita com 2.138 indústrias de pequeno, médio e grande portes, “sinaliza que o empresário está percebendo uma melhora da demanda e sugere que este final de ano deverá ser melhor que o do ano passado”, disse. A pesquisa foi realizada entre os dias 1 e 14 de novembro em todo o Brasil.

*com informações de Estadão Conteúdo