Bancos públicos vão devolver ao governo o dinheiro das ‘pedaladas fiscais’ de Dilma

  • Por Jovem Pan
  • 12/06/2019 11h51
DIDA SAMPAIO/ESTADÃO CONTEÚDOO dinheiro é oriundo das manobras fiscais que ficaram conhecidas como "pedaladas" e levaram ao impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).

O ministro da Economia, Paulo Guedes, anunciou nesta quarta-feira (12) que os banco públicos vão começar a devolver ao governo federal os recursos emprestados por meio do Instrumento Híbrido de Capital e Dívida (IHCD).

O dinheiro é oriundo das manobras fiscais que ficaram conhecidas como “pedaladas” e levaram ao impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).

Também presente no vento, o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, afirmou que o banco será o primeiro a iniciar os pagamentos da dívida.  Segundo ele, a Caixa pagará inicialmente R$ 3 bilhões dos R$ 40 bilhões devidos nessa modalidade.

Até o fim do ano, a Caixa pretende devolver R$ 20 bilhões ao Tesouro Nacional.

*Mais informações em instantes.