‘Não sei do que vocês estão falando’, diz Paulo Guedes sobre intervenção de Bolsonaro na Petrobras

  • Por Jovem Pan
  • 12/04/2019 19h51
Suamy Beydoun/Estadão ConteúdoPaulo Guedes não quis comentar sobre a decisão da Petrobras de adiar o reajuste no preço do diesel

O ministro da Economia, Paulo Guedes, não quis comentar a decisão da Petrobras de adiar o reajuste no preço do diesel. Em visita oficial a Washington, Guedes afirmou que passou o dia trabalhando e não tinha informações sobre o assunto. “Eu não sei nem do que vocês estão falando”, disse a jornalistas nesta sexta-feira (12).

A decisão da Petrobras aconteceu após o presidente Jair Bolsonaro questionar o reajuste ao presidente da empresa, Roberto Castello Branco. Paulo Guedes não respondeu se foi consultado por Bolsonaro. “Eu tenho um silêncio ensurdecedor para os senhores”, respondeu aos jornalistas.

A Petrobras anunciou um reajuste de 5,7% no diesel, mas voltou atrás após a intervenção de Bolsonaro. A interferência do presidente na estatal assustou o mercado e fez a empresa perder R$ 32 bilhões de valor de mercado.

Explicação

Nesta sexta-feira, o presidente Jair Bolsonaro explicou a intervenção na Petrobras. “Não vou ser intervencionista e fazer práticas que fizeram no passado, mas quero os números da Petrobras, tanto é que na terça-feira (9) convoquei todos da Petrobras para me esclarecer por que 5,7% de reajuste, quando a inflação desse ano está projetada para menos de 5%”, disse em um evento em Macapá, no Amapá.

O presidente voltou a repetir que não entende de economia, algo que ele diz desde a campanha presidencial do ano passado. “Não sou economista, já falei. Quem entendia de economia afundou o Brasil. Os entendidos afundaram o Brasil”, afirmou.