Presidente da Caoa: empresa só comprará fábrica da Ford se a reforma da Previdência for aprovada

  • Por Jovem Pan
  • 13/05/2019 16h12
(Foto: Rodrigo Paiva/Folhapress)"Existe grande possibilidade disso acontecer", afirmou o empresário

O presidente da Caoa Chery reafirmou nesta segunda-feira (13) o desejo da empresa em adquirir a fábrica da Ford no ABC Paulista. Segundo ele, porém, o aumento de investimentos do grupo no País — incluindo nessa transação — só acontecerá se a reforma da Previdência for aprovada.

“Continuamos negociando a compra da fábrica da Ford em São Paulo. Existe grande possibilidade disso acontecer e a Ford voltar a funcionar absorvendo todos os funcionários que lá estão. Mas isso depende da negociação com os sócios chineses, com o sindicato dos trabalhadores e com os fornecedores da fábrica”, disse Andrade, após reunião com o ministro da Economia, Paulo Guedes. “Só queremos que o governo resolva a Previdência e a crise fiscal para voltarmos a investir”, completou.

O empresário afirmou ainda que não espera nenhum tipo de ajuda ou incentivo do governo federal e garantiu que a Caoa não fechará sua fábrica em Anápolis, Goiás, apesar do provável aumento de impostos pelo governo estadual devido à crise financeira.

“Não consideramos deixar Goiás. A fábrica em Anápolis é sólida e tem um investimento monstruoso. O governador [Ronaldo] Caiado é um homem íntegro e com certeza encontraremos uma solução”, respondeu o empresário, lembrando que a Caoa Chery há pouco começou a fabricar dois novos modelos de veículos na planta goiana.

*Com Estadão Conteúdo