Produção industrial tem primeira alta em três meses, de 0,2%

  • Por Jovem Pan
  • 04/12/2018 10h14
CC0 Creative CommonsA alta de 0,2% de setembro para outubro foi puxada, principalmente, pelos bens de consumo duráveis

A produção industrial brasileira cresceu 0,2% em outubro em relação a setembro deste ano. Os dados foram divulgados nesta terça-feira (4) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Essa foi a primeira taxa positiva do indicador, depois de três meses de quedas, que acumularam retração de 2,7% na produção do setor. Na comparação com outubro do ano passado, a alta foi de 1,1%.

A alta de 0,2% de setembro para outubro foi puxada, principalmente, pelos bens de consumo duráveis, que cresceu 4,4% no mesmo período, e bens de capital (1,5%).

Por outro lado, os bens de consumo semi e não duráveis recuaram 0,2% e os bens intermediários, caíram 0,3%.

Dezessete das 26 atividades industriais pesquisadas tiveram alta de setembro para outubro, com destaque para as indústrias extrativas (3,1%), máquinas e equipamentos (8,8%), veículos automotores, reboques e carrocerias (3%) e bebidas (8,6%).

Já entre os nove ramos que tiveram queda nesse mês, os piores desempenhos foram de produtos alimentícios (-2%), metalurgia (-3,7%) produtos derivados do petróleo e biocombustíveis (-1,2%).