Uber tem estreia decepcionante na bolsa de valores; ações caíram 7,62%

  • Por Jovem Pan
  • 11/05/2019 11h31
EFENo primeiro dia de comercialização, os papéis da empresa fecharam o dia valendo US$ 41,57, queda de 7,62% sobre o valor inicial de US$ 45

A Uber fez sua entrada na bolsa de valores nesta quarta-feira (8), mas parece que o início foi decepcionante. No primeiro dia de comercialização, os papéis da empresa fecharam o dia valendo US$ 41,57, queda de 7,62% sobre o valor inicial de US$ 45.

Segundo o presidente da companhia, esse ano não está sendo dos melhores para a Uber. Nos três primeiros meses de 2019, a empresa perdeu US$ 1,1 bilhão. Em entrevista ao canal CNBC, Dara Khorsowshahi, disse que 2019 deve ter sido o “pico de perdas” da companhia.

Além das dificuldades operacionais, outras razões também não ajudaram a estreia. No mesmo dia da entrada na bolsa, motoristas do mundo inteiro protestaram por melhores condições de trabalho. “É possível que isso leve a um aumento de tarifas. Atualmente, os preços já são artificialmente baixos porque a companhia está num movimento de expansão”, afirmou Khorsowshahi. O aumento de tarifas pode colocar a Uber em um outro dilema: preços mais altos podem fazer os concorrentes, como a Lyft e a chinesa Didi, ganharem espaço.

“A Uber não está mais em uma discussão de inovação. Ela convive agora com questões de operação e problemas reais”, declarou Luiz Alberto Albertin, professor de administração da Fundação Getúlio Vargas (FGV-SP). De acordo com ele, “o mercado assimilou a inovação da Uber, mas quer ver algumas das novas ideias funcionando de verdade”.

O presidente da empresa tenta, no entanto, manter o otimismo. Ele disse que é possível recuperar o desempenho do primeiro dia na bolsa e vem pregando que a ela pode ser comparada à Amazon: uma plataforma tecnológica com diferentes serviços.

O analista da consultoria Gartner, Michael Ramsey, acredita, entretanto, que a comparação é limitada. Segundo ele, a empresa fundada por Jeff Bezos ganhava em escala à medida em que crescia – o que não pode ser aplicado à Uber. “Quando a Uber cresce, seus custos aumentam na mesma proporção”.

* Com informações do Estadão Conteúdo