Elefante mata guia e foge com 3 turistas no norte da Tailândia

  • Por Agencia EFE
  • 27/08/2015 04h39

Bangcoc, 27 ago (EFE).- Um elefante matou um guia e fugiu com três turistas chineses em suas costas para uma selva próxima à cidade de Chiang Mai, no norte da Tailândia, onde os passeios em paquidermes são uma das principais atrações turísticas.

Os visitantes, dois adultos e um menor, estão ilesos após terem sido resgatados por uma cuidador do acampamento de elefantes ao qual pertence o animal fugido, confirmou nesta quinta-feira à Agência Efe um porta-voz da polícia de Mae Wang.

O incidente aconteceu depois que, durante uma caminhada na tarde da quarta-feira, o elefante tentou atacar um antigo guia que, segundo as autoridades, “tratava mal” o animal.

Na investida, o guia que estava sobre o elefante caiu e, ao tentar tranquilizá-lo, o animal lhe cravou uma das presas no pescoço e no peito.

Após o ataque, o paquiderme, de 30 anos e batizado como Plai Somjai, adentrou na selva com os três turistas chineses que tinham ido ao acampamento atraídos pela oportunidade de montar em um desses animais.

As autoridades fecharam o acampamento, enquanto um grupo de veterinários trata o animal. EFE