Alemanha: milhares protestam contra “política do medo” para crise de imigração

  • Por Estadão Conteúdo
  • 22/07/2018 17h57
EFEuitos dos manifestantes criticaram o ministro do Interior, Horst Seehofer, e seu partido conservador, União Social Cristã

Milhares de pessoas protestaram em Munique, na Alemanha, neste domingo contra a “política do medo” na questão da imigração. A polícia disse que cerca de 15 mil pessoas participaram da marcha de domingo, que foi apoiada por sindicatos, artistas e grupos religiosos. Muitos dos manifestantes criticaram o ministro do Interior, Horst Seehofer, e seu partido conservador, União Social Cristã, por tentar fechar as fronteiras do país aos imigrantes.

A União Social Cristã, que domina a política do Estado alemão da Bavária há décadas, teme perder votos para a Alternativa para a Alemanha (AfD), um partido anti-imigração, nas eleições locais de novembro.

Membros do partido de Seehofer no conselho municipal de Munique tentaram impedir a participação de funcionários de dois teatros financiados com recursos públicos na marcha.