Após apagão de 4 horas, luz volta em Nova York

Falta de energia afetou cerca de 72 mil clientes e atingiu pontos turísticos do estado, além de linhas de metrô

  • Por Jovem Pan
  • 14/07/2019 08h43
Agência EFEBlecaute em Nova Iorque começou na noite deste sábado (13) durou cerca de quatro horas e afetou 72 mil pessoas

A energia elétrica foi restabelecida em Manhattan após um corte de fornecimento em Nova York, nos Estados Unidos, na noite deste sábado (13). O blecaute durou cerca de quatro horas e deixou 72 mil clientes sem luz e afetou a região oeste da cidade e pontos turísticos, como a Times Square, além de linhas de metrô.

A luz caiu por volta das 20h (horário local, 21h em Brasília) deixou muitos cidadãos presos em elevadores. Os semáforos também não funcionaram. Com os teatros afetados, diversas peças foram canceladas e muitas lojas fecharam.

A companhia Con Edison informou inicialmente que cerca de 42 mil clientes estavam sem eletricidade, número que posteriormente elevou para 72 mil, sobretudo do lado oeste de Manhattan.

O Departamento de Bombeiros escreveu no Twitter que a falha no fornecimento se estendeu da rua 72 até o oeste da 40, e desde a quinta avenida até o rio Hudson.

Após mais de três horas do blecaute, a energia foi paulatinamente se recuperando e por volta da meia-noite a Con Edison informou pelo Twitter que o serviço estava normalizado.

A Câmara Municipal de Nova York tinha informado em um primeiro momento que foram afetadas principalmente as linhas de metrô A, C, F, D e M.

Posteriormente, a Autoridade Metropolitana de Transporte disse finalmente que todo o sistema foi “afetado” e que só havia um serviço limitado nas linhas 1, 2 e 3 no lado oeste; as linhas 4, 5 e 6 no lado leste; e a linha 7 entre Manhattan e Queens.

Sobre a origem do incidente, o Departamento de Bombeiros citou um incêndio de transformadores no oeste da rua 64. Também havia “fumaça em vários prédios no lado oeste”, segundo os bombeiros.

*Com informações da Agência EFE