Autor de ataque a mesquitas na Nova Zelândia é formalmente acusado

  • Por Jovem Pan
  • 15/03/2019 20h59
EFE/ Martin Hunter Brenton Tarrant ficará detido sem direito à fiança

O autor dos ataques que deixaram 49 mortos e 48 feridos em duas mesquitas na cidade de Christchurch, na Nova Zelândia, compareceu ao tribunal na manhã deste sábado, 16 (noite de sexta, 15, no Brasil).

Brenton Harrison Tarrant, de 28 anos, foi acusado formalmente de homicídio.

O assassino será enviado ao Supremo Tribunal em Christchurch em 5 de abril e até lá ficará detido, sem direito à fiança.

Algemado, descalço e acompanhado por dois policiais, ele permaneceu em silêncio durante toda a audiência, que não foi aberta ao público, mas olhou diversas vezes para os poucos jornalistas que receberam autorização para acompanhar o procedimento, e sorriu ao ser fotografado e filmado.

Segundo o jornal “New Zealand Herald”, o assassino fez um gesto conhecido como símbolo de supremacistas brancos com as mãos enquanto era fotografado.

O juiz determinou que todas as imagens mostrem seu rosto distorcido, para que ele não possa ser visualmente identificado.