Diretora do FMI critica Brexit: ‘Nada será tão bom como é agora’

  • Por Jovem Pan
  • 10/02/2019 12h53
EFEChristine Lagarde participou de evento em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos

A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, criticou neste domingo (10) a saída do Reino Unido da União Europeia – o chamado Brexit – e afirmou que “nada será tão bom quanto é agora” para a economia do país.

Lagarde discursou durante evento em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, e não hesitou em criticar o divórcio da terra da rainha com o bloco do velho continente. O prazo máximo para que o Brexit aconteça é 29 de março.

A pesar da data-limite, a primeira-ministra Theresa May vive impasse em relação ao pacto de saída. Empresas britânicas temem que não haja acordo com a União Europeia, o que pode causar caos tarifário em alfândegas, além de criar outras barreiras.

“Estou certa de uma coisa: que nada depois do Brexit será tão bom quanto é agora, com certeza”, disse Lagarde. “Se terminar bem, com saída suave dada pelas uniões aduaneiras, ou se houver uma saída sem acordo, não será tão bom como é agora.”

A diretora do FMI ainda pediu que todas as partes envolvidas no processo “se preparem para isso” – os problemas econômicos decorrentes do Brexit -, uma vez que “isso” deve “conduzir” o Reino Unido a partir da oficialização da saída.

*Com informações do Estadão Conteúdo