Massacre em Virginia Beach: autor de tiroteio nos EUA era funcionário público e estava prestes a ser demitido

  • Por Jovem Pan
  • 01/06/2019 12h26
Reprodução/CNNHomem utilizou uma pistola e um rifle; ele morreu após troca de tiros com a polícia

As autoridades norte-americanas identificaram neste sábado (1º) o autor e as vítimas do tiroteio ocorrido na sexta-feira (31) em um complexo de prédios governamentais de Virginia Beach, no leste dos Estados Unidos. O ataque deixou pelo menos 13 pessoas mortas, entre elas o atirador, e quatro feridas.

“Dewayne Craddock, de 40 anos, foi o autor do ataque. Só diremos o seu nome uma vez”, disse o gerente administrativo de Virginia Beach, Dave Hansen, em entrevista coletiva.

Craddock, que morreu depois de uma troca de tiros com a polícia, utilizou uma pistola e um rifle. Ambos foram adquiridos legalmente. Ele era funcionário há 15 anos do Departamento de Obras Públicas e, segundo veículos de imprensa locais, estava prestes a ser demitido.

Outras informações apontaram que o suposto autor do tiroteio tinha um passado militar, embora as fontes oficiais não tenham confirmado esse detalhe.

Como foi o ataque

O chefe da polícia local, James Cervera, explicou que o suspeito entrou no edifício pouco depois das 16h (horário local, 17h em Brasília) e começou a “atirar indiscriminadamente”. As autoridades encontraram corpos em três andares diferentes do edifício e no estacionamento.

Segundo Cervera, o atirador morreu depois de confrontar dois agentes. Um dos polícias está entre os feridos, que se salvou graças ao colete à prova de balas.

Cervera também não informou sobre quanto tempo durou tiroteio e pediu compreensão, ao indicar que se trata de uma “cena enorme”.

Quem são os mortos

Entre as 11 vítimas do tiroteio, dez eram servidores da cidade. São eles: Laquita Brown; Tara Gallagher; Mary Louise Gayle; Alexander Gusev; Katherine Nixon; Richard Nettleton; Christopher Kelly Rapp; Ryan Keith Cox; Jashua Hardy; Michelle Langer; e Robert Williams. A outra vítima é um empregado terceirizado identificado como Herbert Snelling.

*Com EFE