Meninos e técnico resgatados de caverna na Tailândia deixam hospital

  • Por Agência EFE
  • 18/07/2018 08h35
EFEOs 12 meninos e seu treinador mostraram recuperação impressionante e receberam alta

Os 12 meninos e seu treinador, que foram resgatados após passarem mais de duas semanas presos em uma caverna no norte da Tailândia, começaram a sair do hospital para oferecer sua primeira entrevista coletiva, informaram nesta quarta-feira testemunhas.

O grupo estava internado no hospital Chiangrai Prachanukroh de Chiang Rai, capital da província homônima, desde que foram resgatados entre os dias 8 e 10 de julho.

As autoridades tailandesas prepararam uma entrevista coletiva de 45 minutos que está sendo transmitida pela televisão local neste momento e na qual os meninos respondem a perguntas aprovadas previamente pelos médicos e psicólogos.

O governo recomendou ao grupo que volte à sua vida normal e que evite se transformar no foco dos veículos de imprensa.

Os meninos, que têm entre 11 e 16 anos, e o treinador, de 26, ganharam entre dois e três quilos de peso e seu estado de saúde melhorou consideravelmente desde o resgate.

O grupo entrou na caverna Tham Luang, situada na província de Chiang Rai, durante uma excursão no dia 23 de junho depois de um treino de futebol, quando uma súbita tempestade inundou o caminho de saída da gruta.

Os 13 ficaram nove dias perdidos e sem alimentos até que foram encontrados a quatro quilômetros da entrada, em 2 de julho, e, finalmente, foram resgatados entre os dias 8 e 10.