Notre-Dame: Coroa de espinhos de Jesus Cristo foi retirada de cofre

  • Por Jovem Pan
  • 20/04/2019 12h31
Godong/UIG/Getty ImagesBombeiros só conseguiram abrir o cofre quando o fogo atingiu o Pináculo

Uma das maiores relíquias da comunidade cristã no mundo, restos da Coroa de Espinhos que Jesus Cristo usou durante a crucificação, estavam dentro de um cofre na Catedral de Notre-Dame quando a igreja foi atingida por um incêndio, na segunda-feira, 15. Ela foi retirada e transferida para um local seguro.

Jean-Marc Fournier, um dos chefes do Corpo de Bombeiros de Paris, responsável por resgatar a peça, explicou mais tarde à CNN que, num primeiro momento, ninguém tinha o código do cofre.

Quando as chamas começaram a atingir o Pináculo, um funcionário da Notre-Dame apareceu com a senha, e Fournier e outros agentes se apressaram para retirar a peça da igreja.

Os esforços da equipe salvaram outras relíquias de dentro da Catedral e as levaram para um local seguro. “Pertences da humanidade e de todo o mundo”, afirmou Fournier.

Banhada com fios de ouro, a Coroa está num tubo de cristal desde 1896.

A Coroa de Espinhos ficou guardada na Basílica do Monte Sião, em Jerusalém, até 1053. Antes de chegar à Paris, passou por Constantinopla (região da atual Turquia) e por Veneza e pela cidade de Villeneuve-l’Archevêque, na própria França.