Nova York descarta que blecaute de sábado tenha sido consequência de ataque

  • Por Jovem Pan
  • 14/07/2019 18h38
EFENova York sofreu um blecaute no último sábado

As autoridades de Nova York descartaram neste domingo (14) que o blecaute massivo ocorrido ontem na zona oeste da cidade tenha sido resultado de um ataque.

“Não há nenhuma indicação que tenha se tratado de um ataque cibernético ou de um ataque físico”, afirmou em entrevista coletiva Tim Cawley, o diretor em Nova York da Con Edison, companhia elétrica responsável pela área.

Cawley também descartou a possibilidade que o corte de luz seja consequência de um aumento no consumo elétrico devido às altas temperaturas de ontem na cidade, como tinham cogitado alguns meios de comunicação locais.

“Sabemos que isto aconteceu em um momento no qual havia um relativo baixo consumo (de eletricidade). Não foi por uma demanda enorme de energia”, declarou, por sua vez, o prefeito da cidade, Bill de Blasio.

Cawley confirmou que o blecaute afetou 72.000 clientes da companhia, mas disse não poder dar um número estimado dos cidadãos que se viram impactados, já que há registros que abastecem todo um edifício e outros apenas um imóvel.

Nas cinco horas que durou o blecaute, entre o final da tarde de sábado e o início da madrugada de hoje, cerca de 400 policiais e 100 agentes de trânsito participaram dos trabalhos de emergência.

Pelo menos 400 pessoas tiveram que ser resgatadas após ficaram presas em elevadores.

De Blasio confirmou ainda que as autoridades não receberam informação de nenhum ferido como consequência do blecaute e que é possível que se demore várias semanas para publicar um relatório com os resultados das investigações do incidente.

  • Com informações da EFE