Número de mortes causadas por ciclone em Moçambique passa de 200

  • Por Jovem Pan
  • 19/03/2019 17h47
EFEO ciclone Idai já provocou mais de 200 mortes em Moçambique

O número de mortes causadas pelo ciclone Idai em Moçambique já chegou a mais de 200, segundo informou nesta terça-feira (19) o presidente do país, Filipe Nyusi, que declarou “emergência nacional” devido ao desastre que devastou povoados e cidades.

Nyusi divulgou o número e declarou a emergência após uma reunião extraordinária do governo realizada na cidade portuária de Beira, uma das maiores de Moçambique e que teve 90% de seu território devastado pelo ciclone.

“Viemos aqui com 84 (mortos contabilizados), mas depois no terreno fomos vendo que estamos já em mais de 200, e não só isso, também há 350.000 cidadãos que se encontram em situação de risco”, ressaltou.

O ciclone Idai atingiu ainda Malawi e Zimbábue. Ao todo, mais de 1,6 milhão de pessoas moram nas regiões afetadas. Só no Malawi, cerca de 1 milhão de pessoas foram atingidas pelos fortes e ventos e chuvas provocados pelo ciclone.

*Com EFE