Poluição provoca aumento da criminalidade, mostram estudos

  • Por Jovem Pan
  • 16/04/2019 17h47
EFEEstudos que monitoraram efeitos de gases poluentes no comportamento sugerem que onde há poluição, há mais crimes

Estudos recentes feitos pela London School of Economics (LSE) sugeriram que a poluição pode prejudicar muito mais do que apenas nossa saúde física. Agora, há suspeitas de que gases poluentes também provocam um aumento no nível de criminalidade.

Em 2011, o pesquisador Sefi Roth conduziu um estudo que monitorava o efeito da poluição na performance cognitiva das pessoas. O time observou estudantes realizando exames em dias diferentes, em que também eram medidos os diferentes níveis de poluição no ar da região.

O que Roth descobriu foi que a variação média dos resultados dos exames era muito menor nos dias mais poluídos. Nos dias em que a qualidade do ar era melhor, a performance dos alunos também era mais alta.

Em 2018, o mesmo time analisou durante dois anos uma base de dados de 600 lugares diferentes da região metropolitana de Londres, e descobriu que mais crimes insignificantes ocorreram nos dias mais poluídos, tanto nas áreas ricas quanto nas pobres. E os autores viram alguma evidência de que há uma correlação entre esses fatos.

Eles compararam áreas específicas durante um tempo, e monitoraram o nível de poluição. Uma nuvem de ar poluído, afinal, pode se mover dependendo da direção que o vento toma. Esse fato leva poluição para diferentes partes da cidade.

“Nós simplesmente seguimos essa nuvem cada dia e vimos o que acontece em áreas onde a nuvem chega. Nós descobrimos que onde a nuvem vai, os níveis de crime aumentam”, explicou Roth.

O estudo de Roth não encontrou efeitos nos crimes mais sérios, como assassinato e estupro, mas outro estudo de 2018 mostrou um possível link.

A pesquisa, coordenada por Jackson Lu do Massachusetts Institute of Technology (MIT) examinou nove anos de dados e cobriu 9 mil cidades dos Estados Unidos.

A pesquisa concluiu que a poluição de ar está de alguma forma ligada a seis categorias de crime, incluindo estupro, roubo de carros e assaltos.

As cidades com maiores níveis de poluição também tinham os maiores níveis de crime.

Outra evidência vem do estudo “Delinquent Behaviour” (“Comportamento Delinquente”) sobre 682 adolescentes, coordenado por Diana Younan, da University of Southern California (USC). A pesquisa analisou partículas minúsculas de cabelo humano e o efeito acumulativo da exposição dessas partículas à gases poluentes durante 12 anos. Mais uma vez, o mau comportamento foi significativamente mais provável nas áreas mais poluídas.