Russos afirmam ter encontrado armas químicas de rebeldes sírios

  • Por Estadão Conteúdo
  • 17/04/2018 17h03
EFEEspecialistas russos encontraram cloro e componentes para a produção de gás mostarda em um laboratório rebelde de Duma

Militares russos afirmam ter encontrado estoques de armas químicas dos rebeldes sírios na cidade atingida pelo ataque com gás tóxico do dia 7 de abril. Alexander Rodionov, da unidade militar russa de proteção a armas químicas, disse nesta terça-feira (17) que especialistas encontraram cloro e componentes para a produção de gás mostarda em um laboratório rebelde de Duma.

Ativistas culpam o governo sírio pelo ataque químico, que matou ao menos 40 pessoas. Segundo Rodinov, a lata encontrada com cloro é semelhante à das imagens divulgadas pelos ativistas. O ataque químico gerou retaliação dos Estados Unidos, França e Grã-Bretanha, que lançaram mísseis contra o território da Síria no sábado, 14. Moscou, aliada do presidente Bashar al-Assad, acusa os rebeldes de fingirem um ataque com a assistência dos britânicos. A Grã-Bretanha rejeita a alegação.