Theresa May pede “profunda” parceria com UE em questões de segurança

  • Por Estadão Conteúdo
  • 17/02/2018 11h20
EFEMay disse que "o Reino Unido é tão comprometido com a segurança da Europa no futuro quanto foi no passado"

A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, pediu a seus parceiros na União Europeia que não permitam que “restrições institucionais rígidas” atrapalhem um amplo acordo de segurança após o Brexit e alertou que haverá “consequências no mundo real” caso não haja acordo.

Na Conferência de Segurança de Munique, Theresa May disse que “o Reino Unido é tão comprometido com a segurança da Europa no futuro quanto foi no passado”.

A mandatária ainda apontou que o desafio é criar uma “profunda e especial parceria” com a União Europeia para garantir a cooperação. “Este não pode um momento em que algum de nós permita competição entre parceiros, com rígidas restrições institucionais ou ideologias que inibam nossa cooperação e prejudiquem a segurança de nossos cidadãos”, declarou May. O Reino Unido deve deixar a União Europeia em março de 2019. Fonte: Associated Press.