Três milhões de venezuelanos já deixaram o país; Brasil recebeu 85 mil

  • Por Jovem Pan
  • 08/11/2018 17h51
Antonio Cruz/Agência Brasil Em Boa Vista (RR), venezuelanos acampam em praças

O número de refugiados e migrantes venezuelanos já chega a 3 milhões. O dado foi divulgado nesta quinta-feira (8) pelo Alto Comissariado para Refugiados da Organização das Nações Unidas (ONU) e pela Organização Internacional de Migrações (OIM).

E essa quantidade está aumentando. No fim de julho, 2,3 milhões de pessoas já haviam deixado a Venezuela. Em setembro, a estimativa passou para 2,6 milhões. Naquele momento, pelo menos 5 mil venezuelanos partiram especialmente para países vizinhos.

A ONU indica ainda que 2,4 milhões dessas pessoas teriam sido acolhidas por outros países da América Latina – cerca de 1 milhão apenas pela Colômbia e 85 mil pelo Brasil. Outros 600 mil estariam em países como Espanha, Canadá e Estados Unidos.

“A capacidade de recepção [dos países vizinhos] está severamente afetada, exigindo resposta mais imediata e robusta da comunidade internacional, se quisermos que essa generosidade e solidariedade continuem”, disse Eduardo Stein, representante da ONU para a crise de migração.

Stein alerta que, se países ricos não injetarem recursos em pacotes de ajuda, os governos da região podem começar a fechar as portas para o fluxo, cada vez mais intenso em algumas áreas. Nos dias 22 e 23 de novembro, governos locais voltarão a se reunir para avaliar a crise.

*Com informações do Estadão Conteúdo