Trump ameaça instaurar embargo completo em Cuba se as tropas não saírem da Venezuela

  • Por Jovem Pan
  • 30/04/2019 19h34
EFE/ Christian BrunaTrump disse que "sanções de alto nível" seriam implantadas em Cuba

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ameaçou o governo de Cuba nesta terça-feira (30). Em sua conta do Twitter, Trump disse que se as tropas cubanas não cessassem imediatamente as operações militares na Venezuela ele iria instaurar um embargo total na ilha.

“Se as tropas militares cubanas não cessarem imediatamente as operações que tem o propósito de causar morte e destruição à constituição da Venezuela, um completo embargo, junto com sanções do mais alto nível, serão instaurados na ilha de Cuba. Esperançosamente, todos os soldados cubanos irão retornar prontamente e pacificamente para a sua ilha”, escreveu.

Mais cedo, o conselheiro da Casa Branca para Segurança Nacional, John Bolton, solicitou também pelo Twitter que três dos principais representantes do Estado venezuelano abandonassem Maduro: o ministro da Defesa Vladimir Padrino, o chefe da Guarda Presidencial Iván Hernández e o presidente do Tribunal Supremo de Justiça (TSJ), Maikel Moreno.

“Seu tempo chegou. Essa é sua última chance. Aceitem a anistia oferecida pelo presidente interino Guaidó, protejam a Constituição, removam Maduro e tiraremos vocês de nossa lista de sanções. Fiquem com Maduro e afundem com o navio”, disse Bolton.