Trump assina decreto que limita imigração pela fronteira com o México

  • Por Jovem Pan
  • 09/11/2018 14h58
DivulgaçãoPara Trump, novas regras ajudam a solucionar problema da "imigração em massa"

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinou nesta sexta-feira (9) um decreto que suspende e limita por 90 dias a entrada de qualquer cidadão de outo país pela fronteira com o México, para lidar com o problema que ele chama de “imigração em massa”.

Em comunicado, Trump afirma que os EUA esperam a chegada de um número “substancial” de pessoas que partem da América Central nas chamadas “caravanas”. Com a nova medida, candidatos a asilo devem entrar no sistema a partir da fronteira mexicana.

Ilegais não terão direito a asilo

De acordo com as novas regras, quem entrar ilegalmente em território norte-americano perderá o direito ao pedido de asilo. Para Trump, essa é uma “ação imediata” para “proteger os interesses nacionais” e garantir o gerenciamento adequado da questão.

Durante o período de 90 dias, autoridades dos Estados Unidos poderão retirar imigrantes ilegais do país e enviá-los ao México. Depois desse período, as medidas serão reavaliadas. As regras valem apenas para quem chegar ao país após a assinatura do decreto.

*Com informações do Estadão Conteúdo