Trump se irrita com acusação e deixa reunião após três minutos

  • Por Jovem Pan
  • 22/05/2019 16h06
EFEReunião para discutir projetos de infraestrutura durou três minutos; Trump foi acusado de acobertar investigações, crime que poderia levar a seu impeachment

O presidente americano Donald Trump interrompeu abruptamente uma reunião com a presidente da Câmara dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, e o líder democrata no Senado, Chuck Summer, após ser acusado por Pelosi de acobertar as investigações que pesam sobre ele. A reunião durou três minutos.

Segundo o jornal The Washington Post, Trump afirmou que o encontro aconteceria para falar sobre um projeto de infraestrutura de 2 trilhões de dólares em que eles trabalhariam juntos. O presidente, no entanto, se irritou com as acusações de Pelosi.

“Em vez de entrar feliz em uma reunião, eu entro para olhar para pessoas que dizem que estou acobertando coisas”, disse Trump, acrescentando que ele não pode trabalhar em infraestrutura “sob essas circunstâncias”.

Pelosi disse que os democratas prepararam um termo de compromisso para entregar a Trump sobre projetos de infraestrutura.

“Por algum motivo, talvez tenha sido falta de confiança da parte dele que ele não pôde comprometer-se com a grandiosidade do desafio que temos…”, disse Pelosi.

Segundo o jornal, Trump estava visivelmente desconfortável quando chegou ao encontro. Ele não cumprimentou ninguém com aperto de mãos e ficou de pé.

A senadora democrata Debbie Stabenow, que estava presente para participar da reunião, relatou o que aconteceu depois de três minutos.

“Ele disse que tinha acabado, que ele não ia fazer infraestrutura ou qualquer outra coisa até que as investigações acabem.”