Turquia reforça tropas na fronteira com região de Idlib, na Síria

  • Por Jovem Pan
  • 12/01/2019 17h03
EFEA tensão em Idlib coincide com as ameaças da Turquia de realizar uma nova operação militar no norte da Síria

A Turquia enviou, neste sábado (12), um comboio militar de tanques e veículos blindados à fronteira de Hatay, próxima à região síria de Idlib. O local é o último reduto das forças rebeldes e palco de duros combates entre diferentes facções, informa a agência “Demirören”

Esta semana a Organização de Libertação, a antiga filial síria da Al Qaeda, tomou o controle da maior parte da região, após dias de combates contra outra força rebelde, o movimento insurgente Nour al-Din al-Zenki, integrado na Frente Nacional para a Libertação e respaldado pela Turquia.

O avanço da Organização de Libertação do Levante põe em perigo a área desmilitarizada estipulada entre Rússia e Turquia em Idlib, que separa os grupos rebeldes e islamitas das forças governamentais leais ao presidente da Síria, Bashar Al Assad.

O Ministro da Defesa da Turquia, Hulusi Akar, se reuniu hoje em Hatay com vários altos comandantes militares para discutir os últimos eventos em Idlib.

“Todos os esforços estão sendo feitos para manter o cessar-fogo e a estabilidade do acordo de Sochi (com Moscou sobre Idlib). Nossa estreita cooperação com a Rússia continua neste sentido”, disse Akar à imprensa.

A tensão em Idlib coincide com as ameaças da Turquia de realizar uma nova operação militar no norte da Síria para expulsar da sua fronteira as milícias curdo-sírias, que até agora foram aliadas dos Estados Unidos na luta contra o Estado Islâmico.

*Com Agência EFE.