Venezuela: Grupos se organizam para eventual distribuição de ajuda humanitária barrada por Maduro

  • Por Jovem Pan
  • 10/02/2019 09h43
EFESe entrar no país, ajuda humanitária será destinada a grupos com necessidades emergenciais

Na Venezuela, centenas de pessoas começaram a se organizar em redes de voluntários para a distribuição de uma ajuda humanitária que continua se acumulando nas fronteiras e que o ditador Nicolás Maduro insiste em rejeitar por considerar que a situação se trata de um espetáculo político para aplicar um golpe de Estado no país.

Como tinha anunciado o o presidente interino e líder do parlamento, Juan Guaidó a organização das pessoas interessadas em trabalhar gratuitamente na distribuição de alimentos e remédios começou no sábado (9).

Embora sem apoio de parte da capital Caracas, a mobilização convocada por Guaidó foi realizada em diversas regiões do país, conforme notificaram os partidos políticos venezuelanos por meio de redes sociais.

“Hoje em todos os estados do país estamos nos organizando para exigir a entrada da ajuda humanitária. É um grande gesto que tornaremos realidade graças à união de todos os venezuelanos e à solidariedade do mundo”, declarou Guaidó

Colômbia

O presidente da comissão parlamentar de Acompanhamento da Ajuda Humanitária, Miguel Pizarro, explicou que o primeiro lote de doações armazenado na cidade colombiana de Cúcuta, na fronteira com a Venezuela, servirá para urgências.

“A população atendida pela primeira fase da emergência humanitária serão crianças de zero a cinco anos, grávidas e idosos em risco nutricional, pessoas em condições de saúde crônica e população hospitalar em situação de emergência”, detalhou.

A expectativa é que a organização dos voluntários, que trabalharão a serviço de organizações não-governamentais e da Igreja Católica, continue neste domingo (10), sem que até agora se saiba a data na qual o parlamento, de maioria opositora, pretende fazer entrar essa ajuda, apesar da rejeição de Maduro e de forças de segurança.

*Com informações da EFE