PT faz reunião para discutir atuação dos deputados na Câmara após prisão de Lula

  • Por Estadão Conteúdo
  • 10/04/2018 13h23
Luis Macedo/Câmara dos DeputadosHá expectativa de que os petistas proponham a obstrução dos trabalhos na Casa

A bancada do PT na Câmara está reunida no início da tarde desta terça-feira, 10, para discutir a estratégia de atuação dos deputados após a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Há expectativa de que os petistas proponham a obstrução dos trabalhos na Casa.

Às 14h30, os partidos de oposição farão uma reunião para discutir a pauta da Câmara e o cenário político. Não há acordo no bloco para a votação do projeto que trata da autonomia do Banco Central e da proposta que regulamenta o lobby no País. Os dois projetos estão na pauta de votações desta terça. “Ou o Rodrigo (Maia) muda (a pauta) ou não tem como a gente votar”, disse o líder do PDT, André Figueiredo (CE).

Também não há consenso no bloco sobre a paralisação geral dos trabalhos por causa da prisão de Lula. “Acho que a Casa não pode parar”, pregou Figueiredo. O pedetista disse que é preciso mobilizar várias frentes em desagravo a Lula, mas sem limitar as votações no Congresso.