Trump pode encerrar pesquisas da Nasa sobre mudanças climáticas

  • Por Estadão Conteúdo
  • 23/11/2016 14h51
MHR02. WASHINGTON (EE.UU.), 10/11/2016.- El presidente electo de EE.UU. Donald Trump se dirige a periodistas durante una reunión con el presidente de EE.UU. Barack Obama (no en la foto) en la oficina Oval de la Casa Blanca hoy, jueves 10 de noviembre de 2016, en Washington (EE.UU.). EFE/MICHAEL REYNOLDSDonald Trump no Salão Oval da Casa Branca - EFE

O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, pode encerrar as pesquisas sobre mudanças climáticas conduzidas pela Nasa, a agência espacial americana, como parte de uma repressão à “ciência politizada”, de acordo com o jornal britânico The Guardian.

Segundo a publicação, a divisão de Ciências da Terra da Nasa poderia ter seu financiamento cortado. Com isso, algumas pesquisas da Nasa sobre temperatura, gelo, nuvens e outros fenômenos climáticos chegariam ao fim.

Um dos conselheiros da campanha de Trump, Bob Walker, afirmou ao Guardian que não há necessidade de a Nasa fazer um “monitoramento ambiental politicamente correto”. Walker disse que “vemos a Nasa em papel de exploração. A ciência da Terra está melhor colocada em outras agências, em que essa seria a principal missão”.

O conselheiro de Trump disse, ainda, que “seria difícil parar todos os programas em curso da Nasa, mas os programas futuros devem, definitivamente, ser acompanhados por outras agências. Acredito que a pesquisa climática é necessária, mas tem sido fortemente politizada, o que tem minado muito do trabalho que os pesquisadores estão fazendo. As decisões de Trump serão baseadas na ciência sólida, não na ciência politizada”.