Turquia está perto de capturar homem que matou 39 em boate, diz autoridade

  • Por Estadão Conteúdo
  • 05/01/2017 11h54
Ataque terrorista em boate na Turquia deixa 39 mortos - EFE

O vice-primeiro-ministro da Turquia, Veysi Kaynak, disse nesta quinta-feira que as autoridades estão próximas de capturar o atirador que matou 39 pessoas em uma boate de Istambul na noite de Ano Novo.

Kaynak disse ao canal de notícias “A Haber” em uma entrevista que “o círculo está se fechando” em relação ao atirador que desapareceu após o ataque.

O primeiro-ministro disse que as autoridades acreditam que ele ainda está dentro da Turquia, embora não tenham excluído completamente a possibilidade dele ter saído do país. 

Kaynak disse que acredita-se que o homem deva da minoria uighur muçulmana da China.