Câncer de próstata: 2 em cada 3 pacientes diagnosticados têm mais de 65 anos

  • Por Jovem Pan
  • 23/11/2016 11h42
São Paulo- SP, Brasil- 01/11/2014- Hospital Santa Catarina, na avenida Paulista, decorado com laço azul para o "novembro azul", que visa a prevenção do câncer de próstata. Foto: Oswaldo Corneti/ Fotos PúblicasNovembro azul - FP

O mês de novembro é destinado para a prevenção do câncer de próstata. Entre os fatores de risco mais conhecidos para a doença estão: idade, história familiar, raça, dieta e obesidade.

A incidência da doença começa a aumentar a partir dos 50 anos. Dois em cada três pacientes têm mais de 65 anos quando recebe o diagnóstico.

Diversos estudos também mostram que o risco de desenvolver o câncer de próstata crescem em parentes de primeiro grau daqueles que já têm a doença.

Segundo o oncologista Fernando Maluf, homens negros têm maior propensão a doença e de tumores mais agressivos.

Alguns estudos mostram que o negro absover menos a luz solar e a radiação ultravioleta e, por isso, têm baixa vitamina D no sangue. A vitamina D é uma substância que protege contra a doença.

Em países orientais, a incidência da doença é menor que nos ocidentais. A explicação, segundo Maluf, pode estar na diferença das dietas.

Confira: