Augusto Nunes: Caso João de Deus é escândalo mais repugnante que o protagonizado por Abdelmassih

  • Por Jovem Pan
  • 17/12/2018 07h36
Marcelo Camargo/Agência Brasil"Sobre o advogado, quem procura o Toron tem um problema grave”, diz Augusto Nunes

João de Deus passa a primeira noite preso em Goiás. O médium, alvo de mais de trezentas denúncias por abuso sexual, se entregou à polícia na tarde deste domingo e prestou depoimento por cerca de três horas.

Defesa de João Deus coloca em dúvida depoimentos de vítimas e vai pedir a libertação do médium. O advogado Alberto Toron negou que o médium tenha sacado R$ 35 milhões, e disse que foi feita apenas uma retirada desse valor que estava em aplicações financeiras.

“Eu acho que é um escândalo muito maior e mais repugnante ainda que o protagonizado por Roger Abdelmassih. Ele explorou a fé de pessoas desesperadas. Claro que alguém que quer engravidar também está em situação frágil, mas quem está querendo curar um câncer é demais. Agora, como ele conseguiu esse dinheiro? Sobre o advogado, quem procura o Toron tem um problema grave”, diz Augusto Nunes.

Confira o comentário completo: