Augusto Nunes: ‘O Brasil feliz de novo’ é coisa de vigarista

  • Por Jovem Pan
  • 14/09/2018 11h22
EFEEssa tapeação pretende induzir o eleitorado a acreditar que só depois do “golpe” veio o maior esquema corrupto da história

A propaganda eleitoral do PT garante que com a instalação de Fernando Haddad na Presidência teremos “o Brasil feliz de novo”. Esse mote de campanha confirma que para a seita que tem um presidiário coo seu Deus, os eleitores desses trópicos são um bando de idiotas. “O Brasil feliz de novo”, essa tapeação pretende induzir o eleitorado a acreditar que só depois do “golpe” vieram o maior esquema corrupto da história, os 13 milhões de desempregados, 12 milhões de analfabetos, economia em decomposição e relações incestuosas entre políticos e empresários.

Confira o comentário completo de Augusto Nunes: