Augusto Nunes: Responsabilizar Bebianno por caso de laranjal é absurdo, e o presidente sabe disso

  • Por Jovem Pan
  • 14/02/2019 10h17
Fátima Meira/Estadão ConteúdoAinda assim, Carlos Bolsonaro qualificou Bebianno de mentiroso, porque o ministro havia dito que tinha conversado com o presidente por três vezes

Jair Bolsonaro deveria estar concentrado em questões relevantes ao país, como a o projeto anticrime e a reforma da Previdência. Em vez disso, ele está debruçado sobre crise criada por seu filho, Carlos Bolsonaro, com mais uma ofensiva contra o ministro Gustavo Bebianno. O ministro foi responsabilizado pelo laranjal do PSL, que abriga candidatos cuja votação pífia contrasta, de forma suspeita, com o tamanho da verba recebida para a campanha. Responsabilizar Bebianno por esse fato é absurdo, e até Bolsonaro sabe isso. Ainda assim, Carlos Bolsonaro qualificou Bebianno de mentiroso, porque o ministro havia dito que tinha conversado com o presidente por três vezes. Ele conversou, mas por mensagens via WhatsApp. Para os “Bolsonaros”, isso não é conversar.

Confira o comentário completo de Augusto Nunes: