Augusto Nunes: Vale vai acabar se transformando numa Odebrecht das mineradoras

  • Por Jovem Pan
  • 30/01/2019 07h21
Divulgação/ValeA Vale paga campanha eleitorais, propina para fiscais e até a construção do Fórum de Paraopeba

Vale a pena reprisar alguns números que revelam a alma da Vale. Em 2018, a empresa teve lucro líquido de R$ 6 bilhões. O patrimônio da empresa é de R$ 70 bilhões. Mas a Vale ainda não pagou as indenizações da tragédia de Mariana. O presidente da empresa ganha R$ 60 milhões por ano, sem contar bônus e benefícios. Mas a empresa luta na Justiça para impedir o pagamento de indenizações. Em 2018, Fabio Schvartsman se vangloriou da segurança de barragens da Vale, mas agora, depois de Brumadinho, ele lamenta a reincidência da empresa. A Vale paga campanha eleitorais, propina para fiscais e até a construção do Fórum de Paraopeba. Pelo andar da carruagem, a Vale vai acabar se transformando numa Odebrecht das mineradoras.

Confira o comentário completo de Augusto Nunes: