Datafolha teima em colocar Lula como candidato nas pesquisas

  • Por Jovem Pan
  • 11/06/2018 08h59
Reprodução/PTNão dá para imaginar que Brasil possa ser presidido por presidiário

O país do Carnaval passou oito anos desgovernado por quadrilheiro semianalfabeto. Nos cinco anos seguintes sobreviveu a uma fraude provida de um neurônio só e agora faz o que pode para nadar até a praia da eleição. Esse passivo informa que ninguém deve surpreender-se se a maioria do eleitorado resolver prolongar a sequência de espantos com instalação de um Tiririca na Presidência. Mas há limites para tudo. Não dá para imaginar que Brasil possa ser presidido por presidiário.

Confira o comentário completo de Augusto Nunes: