Lula acha que caminha para o Planalto, mas está mesmo é indo para Curitiba ou Papuda

  • Por Jovem Pan
  • 21/07/2017 09h11
BRA101. SAO PAULO (BRASIL), 15/03/2017.- El expresidente brasileño Luiz Inacio Lula da Silva ofrece un discurso durante una manifestación contra la reforma al régimen de jubilaciones propuesta por el presidente Michel Temer hoy, miércoles 15 de marzo de 2017, en Sao Paulo (Brasil). Cientos de miles de brasileños se manifestaron hoy en ciudades del país contra la reforma al régimen de jubilaciones propuesta por el presidente Michel Temer, quien salió en defensa de la iniciativa y dijo que busca evitar un "colapso". EFE/Fernando Bizerra Jr.Os quatro processos parecem ter afetado o juízo do homem que tem o codinome de Amigo na lista da Odebrecht

A missa negra celebrada nesta quinta-feira (20) na Av. Paulista abençoou o lançamento do movimento pró-corrupção, que transformou a democracia brasileira em que os bandidos é que tentam prender o xerife. Caso alguém utilizasse megafone para gritar ‘olha a polícia’, todos sairiam correndo.

Como o Brasil trabalha em dia de semana, eles puderam berrar sobre os “fora da lei”. Na hora do sermão, Lula disse: “como eles não conseguem me derrotar na política, eles querem me derrotar com processos. Cada dia tem um novo processo”.

São cinco processos e no primeiro ele já levou no lombo nove anos e meio de cadeia. Os quatro processos parecem ter afetado o juízo do homem que tem o codinome de Amigo na lista da Odebrecht.

Lula, hoje, é problema do Judiciário, e é um caso de polícia. Tanto que nem tentou explicar os imóveis confiscados e a bolada bloqueada. Lula parece achar que está caminhando para o Planalto, não vai demorar a perceber que a estrada que percorre o leva a Curitiba ou à Papuda.

Confira o comentário completo de Augusto Nunes: