Pesquisas eleitorais tornam-se espécie de cláusula de barreira para candidaturas

  • Por Jovem Pan
  • 11/01/2018 10h10
PixabayO Brasil passa a esquecer o que acontecem nas pesquisas de eleições anteriores e as pesquisas de boca de urna também não servem como previsão para nada

Queria comentar fenômeno brasileiro das coisas que só se manifestam por aqui. O jornalista Ivan Lessa dizia que “a cada 15 anos o Brasil esquece o que acontece nos últimos 15 anos”. O Brasil passa a esquecer o que acontecem nas pesquisas de eleições anteriores e as pesquisas de boca de urna também não servem como previsão para nada. Apesar disso, as pesquisas tornam-se em espécies de cláusula de barreira para candidaturas presidenciais.

Confira o comentário completo de Augusto Nunes: