Bolsonaro deveria dar satisfações a quem passou a duvidar do “mito”

  • Por Jovem Pan
  • 09/01/2018 11h08
Renato Araújo/ABrBolsonaro insinua que haveria complô do jornalismo para tirá-lo do páreo. Não dá, mas há um agravante que o afasta de Lula. Ele ergue sua mitologia sob o pilar de ser o político sem denúncias de corrupção contra si

O tema do final de semana é que Jair Bolsonaro se diz vítima de campanha para assassinar sua reputação. É a saída típica dos velhos políticos quando sob escrutínio da imprensa. Lula faz isso e não é de hoje. Bolsonaro insinua que haveria complô do jornalismo para tirá-lo do páreo. Não dá, mas há um agravante que o afasta de Lula. Ele ergue sua mitologia sob o pilar de ser o político sem denúncias de corrupção contra si. Qualquer tensão mobiliza graves problemas políticos.

Confira o comentário completo de Carlos Andreazza: