O regime de Nicolás Maduro é obra do lulopetismo

  • Por Jovem Pan
  • 22/05/2018 12h31
EFEPresidente da Venezuela Nicolás Maduro tirou poderes do Congresso e aparelhou o judiciário do país

É importante falar diariamente sobre a situação na Venezuela, diz o comentarista Carlos Andreazza no Jornal da Manhã desta segunda (22).

A fraude na eleição só foi possível, diz Andreazza, “em decorrência de um longo processo público de consolidação de uma Ditadura asquerosa para a qual o Brasil não apenas fez vista grossa, mas colaborou oficial e ostensivamente”.

Ele citou o apoio, justificação, proteção, relativização e até elogiado, por Lula, Dilma e suas linhas auxiliares, do armamento de milícias, condenação extrajudicial de opositores, aparelhamento do Judiciário e anulação da assembleia nacional.

Ouça: