Denise Campos de Toledo: Indenização a atingidos por tragédia de Mariana ainda não foi paga

  • Por Jovem Pan
  • 29/01/2019 08h38
Antonio Cruz/Agência BrasilO acordo com relação aos moradores atingidos só foi firmado em outubro de 2018 e empresa ainda tem um ano para pagar

Samarco não pagou um centavo ao Ibama pela tragédia de Mariana, maior desastre ambiental da história do Brasil. Mineradora da Vale e da BHP ainda deve R$ 350 milhões por multas aplicadas pelo rompimento da barragem do Fundão, em novembro de 2015.

“O acordo com relação aos moradores atingidos só foi firmado em outubro de 2018 e empresa ainda tem um ano para pagar. Houve toda discussão de pessoas atingidas. Houve atividade profissional relacionada ao rio. Tem também a tragédia pessoal. E a indenização ainda está sendo paga”, diz Denise Campos de Toledo.

Confira o comentário completo: