Denise Campos de Toledo: Mercado é termômetro do que pode ocorrer na reforma da Previdência

  • Por Jovem Pan
  • 25/03/2019 08h50
Nelson Antoine/Estadão ConteúdoAs divergências entre Maia e Bolsonaro acabam trazendo mais insegurança na aprovação da reforma

A semana começa com série de testes na relação entre Governo e Congresso. A partir desta terça-feira (26), oito ministros serão sabatinados em audiências públicas na Câmara e no Senado. Há uma movimentação no Congresso para usar as sabatinas para passar um recado ao Governo.

“Esse clima pesa no mercado financeiro, que é termômetro do que pode ocorrer na reforma da Previdência. As divergências entre Maia e Bolsonaro acabam trazendo mais insegurança na aprovação da reforma. O presidente da Câmara apoia a reforma, mas ele não quer carregar esse peso sozinho”, diz Denise Campos de Toledo.

Confira o comentário completo: