Denise Campos de Toledo: Se liberado, saque do FGTS ativo pode impulsionar a economia

  • Por Jovem Pan
  • 17/07/2019 09h16
Marcelo Camargo/Agência BrasilO governo estuda liberar o saque das contas ativas do FGTS para invejar recursos na economia e estimular o consumo

Governo estuda liberar saques de contas ativas do FGTS e recursos do PIS/Pasep. A expectativa é injetar mais de R$ 60 bilhões na economia e, dessa forma, estimular o consumo.

“Já houve a liberação das contas inativas e aquilo deu um impulso importante na economia via consumo. E aquele foi um momento difícil de inadimplência, então muita gente pegou esse dinheiro para pagar dívidas que estavam em aberto. Agora, se o Governo restringir o saque apenas para contas inativas, o estoque seria muito pequeno para fazer alguma diferença. Isso aconteceu mais ou menos com o PIS/Pasep, que tinha um volume de recursos disponíveis muito menor do que daquela época das contas inativas. Tem uma fraqueza de curto prazo da economia que não vai ser resolvida sequer com a reforma da Previdência. A reforma pode estimular mais investimentos e atração de recursos, mas vai depender de um cronograma de concessões e privatizações.”