Denise: Moeda única entre Brasil e Argentina traria mais problemas do que soluções

  • Por Denise Campos de Toledo/Jovem Pan
  • 07/06/2019 08h56
EFE/Juan Ignacio RoncoroniEm visita a Argentina, Bolsonaro mencionou "sonho" de criar peso-real para os dois países

Brasil e Argentina discutem a criação de uma moeda comum: o peso real. A questão voltou a ser debatida no encontro entre os presidentes Jair Bolsonaro e Maurício Macri, em Buenos Aires, e seria uma forma de ampliar a integração no Mercosul.

“Pelas condições atuais, é um sonho principalmente por causa da Argentina, que sofreu uma interferência direta no câmbio e teve que recorrer ao FMI por um desequilíbrio muito forte, perdas de investimentos e vive uma situação recessiva. É uma economia muito dolarizada, diferente do Brasil, então não tem parâmetro hoje para se imaginar uma moeda conjunta. Isso seria um grande problema. Há semelhanças entre as duas economias, mas pensar hoje em uma moeda única é sonho mesmo”, avaliou Denise.